Estoques estão inadequados em 49% dos estabelecimentos em SP


O indicador de estoques, logo após o Natal, voltou a cair, mostrando que os empresários não conseguiram reduzir seus excessos de produtos com as vendas de final de ano. Em janeiro, o IE (Índice de Estoques) alcançou 102 pontos, queda de 3,8% na comparação com dezembro. A retração do indicador no mês foi motivada pelo aumento de 5,4% no número de empresários que afirmam estar com estoques acima do adequado e pelo crescimento de 1,2% dos estabelecimentos que contêm produtos abaixo do ideal. Com isso, quase 35% dos empresários estão vendo seus estoques acima e 14% abaixo do que consideram o nível ideal. Esse patamar de adequação continua muito abaixo do histórico de antes de 2015, quando o indicador rondava os 60%.

Os dados são do IE (Índice de Estoques) da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), que capta a percepção dos comerciantes sobre o volume de mercadorias estocadas nas lojas, e varia de zero (inadequação total) a 200 pontos (adequação total). A marca dos cem pontos é o limite entre inadequação e adequação.

Em relação a janeiro de 2016, quando o IE registrava 90,8 pontos, o indicador se mantém melhor em 2017, com alta de 12,4%. No primeiro mês do ano passado, 37,6% dos empresários do varejo afirmaram que seus estoques estavam acima do adequado (-7,1% na comparação com janeiro deste ano) e 16,9% apontaram que tinham estoques abaixo do ideal (-18,2%).

(Por Supermercado Moderno)

Don Global Brand, Don Global Brasil, Don Global Japan, Fixtic, Thermosensi, Maisu, Dollahyde, Sarah Desiree Lee, BrindesApp, Icaro Display, Handcap Projetos, Corifeu, Nice, Sensitiva Brasil

#estabelecimentos #Estoques

Featured Posts
Recent Posts